was successfully added to your cart.

Galeria Central : Viaduto Otávio Rocha!

Esta cena do Viaduto Otávio Rocha ficou gigante…ok, ok, sem trocadilhos ruins.Desde a minha ideia inicial para esta composição, o gigante já estava presente, não sei porque, mas para mim, este personagem seria a peça chave.

E onde conseguir um?

Bom, iniciei uma busca pela internet até encontrar Kiko Mello, ator de um grupo local de Porto Alegre.

Na verdade, a grande isca, o que me encantou nele foi seu olhar intenso e a forma como as peças da sua cabeça se encaixavam. Ele poderia ser filho de um gigante, porque não?

Após alguns contatos online ele topou em participar do Olha de Novo. Passei alguns detalhes do figurino e marcamos as fotos para um dia bem frio no inverno às 7h da manhã no Viaduto Otávio Rocha.

Estava tão frio que ele tinha dificuldades em manter as pernas no lugar, de tanto tremer, também, eu o fiz arregaçar as calças e ainda usar apenas uma camisa. Kiko, me perdoe, mas deu tudo certo no final e você foi ótimo.

Viaduto Otávio Rocha - Olha de Novo

Kiko Mello (gigante) – Olha de Novo

Com os clics prontos, o maior desafio seria transformá-lo em um gigante. Ele deveria ser, no mínimo, dotado de bons músculos capazes de empurrar algumas toneladas de concreto para cima, como você pode ver.

As outras partes foram esboçadas em pintura digital. Depois finalizadas em 3D no próprio Photoshop, onde fiz toda a manipulação digital e fusão dos elementos.

O lettering “Galeria Central” foi feito inicialmente no papel com alguns esboços. Logo após passei ao illustrator, depois ao 3D do Photoshop para dar volume, textura. Finalizei com a pós-produção.

Perspectiva da cena

Um outro ponto crítico desta imagem foi empurrar a passarela para cima e ajustar a perspectiva.

Para isso precisava justificar a engenharia que tornaria possível o gigante deslocar o topo dela para o alto. Então criei o miolo com as listras vermelhas dos 4 pilares, para funcionar do mesmo jeito quando abrimos as pernas de um tripé.

Veja o vídeo por trás da cena do Viaduto Otávio Rocha:

 

Salvar

Salvar

Salvar

Leave a Reply